Noticias Brasil

Milei diz que enviará novos projetos de reforma ao Congresso argentino e ameaça parlamentares

[ad_1]

O presidente argentino, Javier Milei, disse nesta sexta-feira (1°) que enviará um novo pacote de projetos de lei ao Congresso, quase um mês depois que os legisladores rejeitaram seu chamado “projeto de lei geral”, que teria realizado reformas abrangentes.

Durante a fala, Milei afirmou aos parlamentares que tentaria mudar a política com ou sem o apoio deles. Fazendo pausas frequentes entre aplausos, disse ao Congresso que se eles se opusessem a ele, enfrentariam um “tipo diferente de animal”.

O chefe de Estado expôs várias das propostas do novo pacote, que também parece ser abrangente.

O presidente ressaltou que deve propor a limitação dos mandatos dos dirigentes sindicais, com quem o libertário entrou em conflito, e que cortará benefícios a políticos condenados pelo crime de corrupção pela segunda vez.

 

Milei tomou posse em dezembro, procurando levar uma “serra eléctrica” ao status quo do país, em uma época em que o país enfrenta a crise econômica.

A inflação superior a 250%, anterior a Milei, mas que aumentou depois dele ter desvalorizado drasticamente o peso, em dezembro, elevou os níveis de pobreza, que se aproximam dos 60%, aumentando as tensões entre trabalhadores e sindicatos e provocando mais greves e protestos.

[ad_2]

Source link

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo