Noticias Brasil

Fortaleza e Ceará empatam em clássico de seis gols pelo Estadual

[ad_1]

O primeiro Clássico-Rei do ano, na Arena Castelão, válido pela quinta, e última, rodada da fase de grupos do Campeonato Cearense, terminou empatado e de forma incrível. Após levar 2 a 0 do Ceará no primeiro tempo, o Fortaleza virou no segundo tempo, mas sofreu o empate de pênalti, aos 53 minutos.

Os dois times venceram seus grupos e estão automaticamente classificados para as semifinais, em datas a serem marcadas. Os rivais ainda serão conhecidos em confrontos das quartas de final.

A partida teve mais de 40 mil pessoas na Arena Castelão, em estádio quase dividido, algo raro em clássicos estaduais atualmente. Como mandante, o Fortaleza pôde vender 60% dos ingressos, e o Ceará ficou com 40%.

O jogo

O Ceará esperou o Fortaleza no começo da partida, dando a bola ao rival. Mas castigava no contra-ataque, principalmente pelo lado esquerdo. O primeiro gol saiu após cobrança de escanteio: Matheus Felipe subiu sozinho e marcou.

O gol parece ter desestabilizado o Fortaleza, que começou a errar muitos passes. O melhor do time era o garoto Kervin, mas não havia efetividade.

E, em um contra-ataque, a bola chegou a Aylon, dentro da área, que finalizou e fez o segundo do Vozão. Antes do intervalo uma briga entre jogadores rendeu dois vermelhos, para dois zagueiros: Britez e Matheus Felipe foram embora.

Juan Pablo Vojvoda tirou Kervin e Moisés e colocou Kauan, outro garoto, e Machuca. A ideia era ter mais a bola no meio de campo e dar velocidade ao jogo, agora com dez de cada lado. O Leão cresceu na partida, empurrando o Ceará para trás.

E a virada saiu em 12 minutos. Primeiro com Tinga, aproveitando rebote de bola que havia batido na trave, e depois com Kauan, com um golaço em chute da intermediária, no ângulo.

O terceiro foi em jogada individual de Machuca, que partiu para a entrada da área e chutou forte, sem defesa para Fernando Miguel. Do lado de fora, o sempre contido Vojvoda pulava e pedia para os torcedores não pararem de cantar.

Quando o Ceará parecia nocauteado, já nos acréscimos Erick Pulga cabeceou dentro da área e a bola bateu na mão de Yago Pikachu. Pênalti marcado e concluído por Saulo Mineiro, aos 53 minutos para empatar, 3 a 3.

Próximos jogos

O Fortaleza volta a campo na quarta-feira (21) para enfrentar o Sport, no Recife, pela quarta rodada da fase de grupos da Copa do Nordeste. O jogo terá início às 21h30 (de Brasília).

Já o Ceará só joga em 28 de outubro, também pelo regional, para encarar o ABC, na Arena Castelão, às 21h30 (de Brasília), pela quarta rodada.

Pelo Estadual os dois times só terão compromisso pela semifinal, em data a ser marcada.

Fortaleza 3 x 3 Ceará

Fortaleza: João Ricardo; Tinga, Britez, Titi e (Escobar; Zé Welison, Pochettino (Kuscevic) e Kervin (Kauan); Yago Pikachu, Lucero (Thiago Galhardo) e Moisés (Machuca). Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

Ceará: Fernando Miguel; Raí Ramos, Matheus Felipe, David Ricardo e Matheus Bahia; Richardson (Janderson), Recalde (Facundo Barceló) e Guilherme Castilho (Jean Irmer); Erick Pulga, Aylon (Lucas Ribeiro) e Facundo Castro (Saulo Mineiro). Técnico: Vagner Mancini.

Gols: Tinga (17min 2ºT), Kauan (24min 2ºT), Machuca (29min 2ºT) para o Fortaleza
Matheus Felipe (19min 1ºT), Aylon (38min 1ºT), Saulo Mineiro (53min 2ºT) para o Ceará

Cartões Amarelos: Kervin, Lucas Sasha, Lucero, Machuca, Escobar (Fortaleza); Aylon, Erick Pulga (Ceará)

Cartões Vermelhos: Britez, Yago Pikachu (Fortaleza); Matheus Felipe (Ceará)

Público pagante: 46.531
Renda: R$ 1.272.646,00

Motivo: 5ª rodada da fase de grupos do Campeonato Cearense
Data e horário: 17 de fevereiro de 2024 (sábado), às 16h40 (de Brasília)
Local: Arena Castelão, em Fortaleza

Árbitro: Raimundo Rodrigues de Oliveira Júnior.
Auxiliares: Nailton Junior de Sousa Oliveira e José Moracy de Sousa e Silva


Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas



[ad_2]
Source link

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo