Noticias Brasil

Ex-jogador da Holanda é condenado a seis anos de prisão por tráfico de cocaína

[ad_1]

O atacante Quincy Promes, do Spartak Moscou, foi condenado a seis anos de prisão por tráfico de drogas. A decisão foi emitida pelo Tribunal de Amsterdã nesta quarta-feira. O holandês estava envolvido no esquema de carregamento de cerca de 1,35 tonelada de cocaína no porto da Antuérpia, na Bélgica. A mercadoria veio de território brasileiro.

Anteriormente, Promes havia sido acusado por esta importação de cocaína em janeiro de 2020. Na ocasião já era suspeito de estar envolvido com uma organização criminosa, responsável também por outros tráficos de drogas.

O Ministério Público também aponta outras investigações em relação ao jogador. Em março de 2022 foi emitido um pedido de prisão à Quincy por tentativa de homicídio. O atleta teria esfaqueado um primo durante uma briga. Contudo, por falta de evidências suficientes em relação a intenção do jogador, a acusação não prosseguiu.

Quincy Promes, de 32 anos, tem passagens em clubes como o Ajax, da Holanda, Sevilla, da Espanha, e Spartak Moscou, da Rússia. Além disso, jogou a Eurocopa pela seleção de seu país em 2021. O atleta não foi mais convocado desde então.


Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas

[ad_2]
Source link

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo