Noticias Brasil

Agências de notícias removem foto de Kate Middleton citando preocupações com manipulação

[ad_1]

Várias agências de notícias retiraram uma imagem distribuída pelo Palácio de Kensington que mostrava Kate Middleton, a Princesa de Gales, e seus filhos, por acreditar que a foto foi manipulada.

A fotografia foi a primeira imagem da princesa divulgada oficialmente desde que ela foi submetida a uma cirurgia abdominal em janeiro, e surgiu após semanas de intensa especulação pública e crescentes teorias de conspiração nas redes sociais sobre seu paradeiro exato e estado de saúde.

A imagem foi divulgada neste domingo (10) com uma mensagem da princesa agradecendo ao público pelo apoio na comemoração do Dia das Mães no Reino Unido.

A Associated Press observou que “olhando mais de perto, parece que a fonte manipulou a imagem”.

A AFP disse que retirou a foto devido a “um problema editorial”. A imagem “não pode mais ser utilizada de nenhuma forma. Por favor, remova-o imediatamente de todos os seus serviços online”, disse a AFP.

A CNN está analisando a foto e entrou em contato com o Palácio de Kensington para comentar.

O Palácio de Kensington disse em janeiro que é improvável que a princesa, de 42 anos, retorne às funções públicas até a Páscoa, no final de março. O palácio não revelou para que servia a cirurgia, mas disse que não era cancerosa.

Seu longo desaparecimento dos olhos do público gerou rumores nas redes sociais e da cobertura da mídia internacional. Algumas dessas especulações diminuíram um pouco depois que uma fotografia surgiu no início de março de Kate em um carro dirigido por sua mãe. Ela foi vista usando óculos escuros e sentada no banco do passageiro da frente.

Mas a especulação continuou especialmente nas redes sociais, alimentada por outros incidentes dentro da família real – como a retirada do Príncipe William de uma importante reunião familiar no início deste mês sem explicação pública.

O palácio enfrentou uma pressão crescente para partilhar mais informações sobre a futura rainha, sem comprometer a sua privacidade médica.

Em fevereiro, o palácio tomou a rara atitude de rejeitar os rumores, dizendo que “deixou claro em janeiro os cronogramas da recuperação da princesa e que forneceríamos apenas atualizações significativas. Essa orientação permanece.”

[ad_2]

Source link

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo